Sair ou não do Armário

|
Hoje venho com mais um post pronto e roubado do Leskut
Mas não deixa de ser menos importante.. pq.. venho falar das amizades... e quão difícil foi pra mim contar q sou lésbica.. e quão será difícil falar pros que ainda não sabem..


A pessoa já se aceitou, já saiu do seu “armário particular”, já se sente parte da “Comunidade Gay Internacional”, mas se vê frente a um problema: contar para os amigos. Todos já passamos, estamos passando ou vamos passar por isso, é um passo importante para longe do armário, e quase nunca parece fácil.

Independentemente do “tipo” de amigos, em primeiro lugar eles são seus amigos. Ou não. Como assim? Calma, eu explico.

Tem aquele seu amigo gay, aquela colega que você sempre desconfiou, o outro que nunca tocou no assunto e o grandão que passa fazendo piadinhas. Amigos diferentes, mas a dúvida é sempre a mesma: e se ele não me aceitar, se passar a me tratar diferente, se deixar de ser meu amigo?

Acredite: a amizade é sempre maior que a homofobia. Por mais preconceituoso que ele possa ser (ou parecer), vocês já se conhecem há um bom tempo, ele conhece o seu caráter, e sabe que você é uma boa pessoa. Não vai deixar de ser seu amigo apenas por um detalhe da sua vida. Um detalhe só seu, mas que resolveu compartilhar com ele.

Claro que há pessoas que não vão aceitar, vão passar a tratar diferente, e vão deixar de ser amigas. Deixar de ser amigas? Seus amigos podem não entender, até mesmo não aceitar mas, justamente por serem seus amigos, vão respeitar. Podem precisar de um tempo para assimilar a situação, afinal, nem todas as pessoas estão preparadas para tal notícia. Esse “tempo” pode ser uma hora, um dia, um mês. Mas vai passar. E, passado o tempo, ainda serão seus amigos, como sempre foram.

Se nesse momento deixarem de ser seus amigos, é por que nunca foram. E, se nunca foram seus amigos, você não perdeu nada. Por mais dolorosa que possa ser a separação de uma pessoa que você considera(va) amiga, as pessoas devem lhe aceitar como você é, e não como querem que você seja. E os amigos verdadeiros, com certeza, aceitarão.


é isso..

2 comentários:

Julio disse...

Amigo que é amigo está pro que der e vier e aceita a pessoa do jeito que é.
Se tratar diferente mostra que nunca foi amigo.Creio que deva ser uma situação complicada para a pessoa contar prum amigo e pra familia.
Aconteceu um caso em que um amigo meu e do meu irmão chegou pra conversar conosco e disse.Encaramos numa boa.O que faz uma boa indole não é a sexualidade e sim o carater!

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom